Loading…
 +351 253 208 230 [chamada para rede fixa nacional]

"Estamos a dar soluções para o mundo real com pecinhas Lego"

"Estamos a dar soluções para o mundo real com pecinhas Lego"

Famílias e Escolas visitaram o segundo dia da Braga Brick Fan Event. Depois de uma inauguração que superou todas as expectativas, com aproximadamente 6900 visitantes, esta sexta-feira voltou a ser um êxito. Oito milhões de peças, distribuídas por 5 mil m², encantaram cerca de 800 alunos.

Pelas 10h00, horário de abertura da exposição de brinquedos, blocos e construções, o Altice Forum Braga inundou-se de sorrisos. Catorze escolas trouxeram os seus alunos para um dia de educação não formal, onde houve espaço para brincadeiras, novas sensações e experiências, assim como o despertar para formas de arte alternativas, como é o caso da Galeria de Arte em Legos. 

Os construtores da Braga Brick reinterpretaram as onze manifestações artísticas. Na música, criou-se a famosa logomarca dos Rolling Stones em peças. Representativo da dança, encaixou-se peça sobre peça para criar um par de bailarinos. Os Girassóis, de Van Gogh, construídos em blocos coloridos, simbolizaram a pintura. A literatura foi representada por uma réplica de máquina de escrever funcional, onde se pode colocar uma folha e ver os pinos mexer. Para os graúdos, o cinema trouxe a casa e personagens do Sozinho em Casa e várias figuras de Star Wars. Os construtores criaram ainda três pequenas máquinas fotográficas analógicas; a Mini, das bandas desenhadas do Mickey Mouse e o icónico Super Mário, dos jogos eletrónicos. 

A professora do primeiro ciclo do Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio, Liliana Fernandes, expositora na Braga Brick, falou-nos do que é possível fazer com os blocos em sala de aula. “A aprendizagem não tem de ser monótona. Com este tipo de recursos estimulamos a criatividade, a imaginação e as chamadas competências para o século XXI, que as crianças precisam desenvolver para terem sucesso no futuro - ferramentas como pensamento computacional, comunicação, trabalho colaborativo, pensar fora da caixa e resolução de problemas. Estamos a dar soluções para o mundo real com pecinhas Lego”.

Os projetos dos alunos do pré-escolar até ao quarto ano de escolaridade são despoletados pelos sets da marca dinamarquesa: “Os alunos do pré-escolar investigaram os animais da quinta e fizeram programação de robots, onde desenharam mapas que levavam o milho às galinhas e a palha às vaquinhas”. Os alunos do primeiro ano estudaram o Lince Ibérico e os do terceiro os insetos do recreio. “Foram ao recreio observar os insetos, investigaram ao microscópio e construíram circuitos elétricos com e sem peças Lego”. 

A partir dos modelos mais científicos, como os conjuntos de peças de foguetões, os professores conseguem combinar a aprendizagem com a brincadeira, tornando a escola num espaço de descoberta. “O desafio proposto às crianças foi investigarem e criarem uma maquete da base lunar onde os astronautas pudessem viver”.

As peças de construção são, assim, mais do que objetos ou brinquedos. Podem ser ressignificados, passar de um bloco de plástico (que tende a transitar para um material mais sustentável, como a fibra de bambu, segundo o construtor Jorge Reis) a arte, a educação, a emoção e a entretenimento.

Carlos Silva, administrador executivo da InvestBraga, refletiu sobre a feira da organização: “A Braga Brick é o reencontro com a nossa infância, com a experiência Lego, onde as famílias e crianças podem, com tranquilidade, viver experiências a vários níveis”.

Este sábado são esperados milhares de fãs na maior Exposição Ibérica de Construções em Peças. As portas do Altice Forum Braga abrem pelas 10h00 e oferecem várias experiências complementares, como caricaturas ao vivo, pelo artista Adão Silva, pinturas faciais e balões, pela Planet Party, vários simuladores de realidade virtual 9D e uma Play Zone, onde todos poderão construir as suas peças e desenhar nos quadros de lousa. Para os colecionadores, as lojas Bricks & Tricks, Upper Sky e Universo Encantado dispõe de vários conjuntos de brinquedos para venda. Na praça de alimentação, os doces e bolos estão por conta de Maria Silva, cake design e eventos, gomas de Pecado Doce e Amargo, crepes da Crep’da Babethh Lisa e salgados da Domus Panis. 

De modo a uniformizar todas as feiras com organização da Investbraga, procedeu-se a uma fixação na tipologia dos bilhetes. Dos 0 aos 3 anos, a entrada é gratuita. Dos 4 aos 10 anos, é cobrado um valor de 1,5€ e a partir dos 11 anos, é cobrado o valor de 2,5€. Os bilhetes podem ser comprados nas bilheteiras do Altice Forum Braga, em Meo Blueticket e na loja POP-UP instalada na Avenida Central. Devido à grande afluência ao evento, é aconselhável a aquisição prévia dos bilhetes. 

A feira pode ser visitada nos seguintes horários:

-Dia 5 de Outubro, quinta-feira: das 10h00 às 22h30
-Dia 6 de Outubro, sexta-feira: das 10h00 às 20h00
-Dia 7 de Outubro, sábado: das 10h00 às 22h30
-Dia 8 de Outubro, domingo: das 10h00 às 20h00

+2584846

VISITANTES

+1121

EVENTOS

+238

CONGRESSOS

+416

ESPETÁCULOS

Conheça todos os eventos

Agenda

Conte connosco para a organização do seu evento

No Forum Braga encontra espaços e uma equipa com vários anos de experiência que vão tornar o seu evento inesquecível.

Patrocinadores Oficiais

Altice

 

Sagres

FORUM BRAGA

Um fórum moderno, interativo e ambientalmente sustentável, pensado e feito para as pessoas. Um ponto de encontro para negócio, cultura e com múltiplas valências para fazer sonhar e concretizar todo o tipo de experiências.

JÁ DISPONÍVEL | App Forum Braga

Contactos

Av. Dr. Francisco Pires Gonçalves
4715 - 558 Braga
Ver Mapa
Obter Direções

T.: +351 253 208 230[chamada para rede fixa nacional]